Início

APEM

Associação Portuguesa de Educação Musical

A APEM - Associação Portuguesa de Educação Musical é uma associação de caráter cultural e profissional, sem fins lucrativos, que tem por objetivo o desenvolvimento e aperfeiçoamento da educação musical, como parte integrante da formação humana e da vida social, e como componente essencial na formação musical especializada, contribuindo para o crescimento profissional dos educadores; estudar os problemas da educação musical; estimular a coordenação dos setores de atividade com incidência na educação musical; fomentar o intercâmbio de experiências pedagógicas entre personalidades e instituições interessadas na educação musical; divulgar novos princípios e técnicas de educação musical.

Aceder

CESEM

Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical

O CESEM é um centro dedicado à investigação sobre o fenómeno musical nos seus mais variados aspectos — sociológico, estético, histórico, composicional, etc. — através da interação entre as várias disciplinas das Ciências Musicais e entre estas e as outras Ciências Sociais e Humanas. O apoio à investigação manifesta-se na constituição de uma biblioteca especializada e na criação e manutenção de dois laboratórios; no financiamento da publicação académica e da participação em congressos internacionais; na organização de encontros científicos e no desenvolvimento de projetos autofinanciados; no acolhimento de bolseiros de doutoramento e pós-doutoramento e na contratação de investigadores.

Aceder

CIPEM

C. de I. em Psicologia da Música e Educação Musical

O CIPEM - Centro de Investigação em Psicologia da Música e Educação Musical foi criado pela Área de Música do Departamento de Artes e Motricidade Humana da ESE do Instituto Politécnico do Porto, atual Unidade Técnico-Científica de Música.

É uma estrutura orientada para a promoção da investigação científica na área da Psicologia da Música e da Educação Musical. Disponibiliza ao público os seguintes serviços: um centro de recursos bibliográfico no âmbito da Música, Psicologia e Educação, a possibilidade de consultadoria por parte dos seus elementos para atividades que se identifiquem com o seu âmbito de atuação científica e formação contínua.

Aceder

EERA

European Educational Research Association

Rede de mais de 30 associações nacionais e regionais de Investigação educacional. O trabalho académico está organizado em redes temáticas.

“A rede 29, Investigação em Educação Artística centra-se no discurso disciplinar, nas políticas e nas práticas institucionais e não institucionais de educação artística a nível internacional, com especial ênfase nas práticas europeias.

A rede 29 aponta à criação de um espaço dinâmico de investigação que procure discursos alternativos baseados num posicionamento crítico a respeito do potencial da educação artística no contexto da contemporaneidade.

Aceder

Getty

J. Paul Getty Trust

O J. Paul Getty Trust é uma organização cultural e filantrópica do mundo dedicada às artes visuais. Através de projetos em Los Angeles e em todo o mundo – incluindo o trabalho de conservação, publicações, exposições, iniciativas de subvenção e programas de formação – desenvolve um trabalho que pretende fazer uma diferença nas práticas da conservação, da história das artes e da museologia e promover o conhecimento e a valorização da arte entre os públicos de todas as idades. J. Paul Getty defendia a arte como uma influência civilizadora na sociedade e acreditava firmemente em colocar a arte à disposição do público para a sua educação e fruição.

Aceder

ISME

International Society for Music Education

A ISME - International Society for Music Education defende que as experiências musicais vividas, em todas as suas vertentes, são uma componente fundamental da vida de todos. A missão da ISME passa pelo desenvolvimento dessas experiências através da criação e manutenção de uma comunidade internacional de professores de música, caracterizada pelo apoio e respeito mútuo, fomentando a compreensão intercultural global e a cooperação entre os educadores e promovendo a educação musical de pessoas de todas as idades, em qualquer parte do mundo. A ISME defende a riqueza e diversidade musical a nível mundial, criando oportunidades de aprendizagem intercultural e compreensão internacional.

Aceder

PZ

Project Zero

O Project Zero é um grupo de pesquisa educacional da Graduate School of Education de Harvard composto de vários projetos de investigação.

Desde 1967 o Project Zero examinou o desenvolvimento de processos de aprendizagem em crianças e adultos. Hoje, o trabalho do Project Zero inclui investigações sobre a natureza da inteligência, compreensão, pensamento, criatividade, ética, e outros aspetos essenciais da aprendizagem humana. A sua missão é compreender os vários níveis de pensamento e aprendizagem em todas as disciplinas e culturas e numa variedade de contextos, incluindo escolas, empresas, museus e ambientes digitais.

Aceder

SFA - RCA

School of Fine Arts - Royal College of Art

A School of Fine Arts do Royal College of Art, investe na pesquisa sobre arte como um método de investigação.

A pesquisa é apresentada e discutida em seminários, simpósios e exposições, realizadas a nível individual e em grupo. Os estudantes têm acesso a oficinas de imagem em movimento, performance, computação, fotografia, gravura, pintura e escultura.

A School of Fine Arts do Royal College of Art contribui para o “hub” de investigação “Image & Language” (imageandlanguage.rca.ac.uk), que já organizou simpósios e publicações, com célebres oradores convidados, tais como Jean-Luc Nancy, Marina Warner e Hito Steyerl.

Aceder

ARC – UCB

Arts Research Center – UC Berkeley

O Centro de Pesquisa de Artes da Universidade de Berkeley promove a pesquisa individual e colaborativa nas artes, proporcionando um fórum para partilhar, testar e criticar o trabalho dos artistas da Universidade de Berkeley, académicos e convidados.

Patrocina vários programas que promovem a pesquisa em artes interdisciplinares, incluindo conferências e simpósios, fóruns de discussão on-line e residências artísticas.

Os seus programas são muitas vezes criados em parceria com outras universidades, organizações comunitárias instituições de artes e artistas individuais.

A ARC desafia a centralidade das artes na universidade e na vida pública.

Aceder

CIAC

Centro de Investigação em Artes e Comunicação

O CIAC - Centro de Investigação em Artes e Comunicação resulta da fusão de dois centros não financiados: o Centro de Investigação em Teatro e Cinema (Escola Superior de Teatro e Cinema do IPL) e o Centro de Investigação em Ciências da Comunicação e Artes (Universidade do Algarve). Atualmente agrega ainda investigadores da Universidade Aberta, parceira na criação do Doutoramento em Média-Arte Digital, e do Instituto Universitário da Maia. A atuar na área dos estudos artísticos o CIAC tem um caráter interdisciplinar, desenvolvendo investigação na área dos estudos artísticos (artes, cinema, teatro) e comunicação e, mais recentemente, na produção de plataformas e artefactos digitais.

Aceder

COFA

College of Fine Arts – University of Texas

O College of Fine Arts da Universidade do Texas investe na promoção das artes plásticas e cénicas em articulação com a ciência, inovação e tecnologia.

Os seus programas abrangem a música clássica, jazz, ópera, teatro, dança, design cénico, composição musical e dramaturgia, design gráfico e de produto, arte de estúdio em todos os meios, incluindo vídeo e fotografia, escultura e cerâmica, sem negligenciar o estudo académico das artes em todas as disciplinas. A faculdade também inclui o Texas Performing Arts, e o Landmarks, programa de arte pública da Universidade do Texas, os quais servem como laboratórios de aprendizagem para os alunos da Faculdade de Belas Artes.

Aceder

ESCOM

European Society for the Cognitive Sciences of Music

A ESCOM é uma sociedade internacional sem fins lucrativos, criada em 1991, cujo objetivo é apoiar a investigação teórica, experimental e aplicada no campo das ciências cognitivas da música. A sociedade procura disseminar o conhecimento da perceção e cognição musical, encorajando a cooperação europeia e internacional. Para suportar as suas atividades, publica a revista “Musicæ Scientiæ”, com artigos empíricos, teóricos e críticos, que procuram aumentar a compreensão de como a música é percebida, representada e gerada. A ESCOM organiza conferências , seminários e programas educativos, e publica monografias com traduções para inglês de tratados seminais na área da musicologia.

Aceder

INET-MD

Instituto de Etnomusicologia

O INET-MD, Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudos em Música e Dança é uma unidade de investigação multidisciplinar e polinucleada situada em Lisboa (UNL e UTL) e Aveiro (UA), com sede no polo da UNL – FCSH. A equipa do INET-MD desenvolve a sua investigação no âmbito de 5 Grupos de Investigação: “Etnomusicologia e Estudos em Música Popular” (Coord. Salwa El-Shawan Castelo-Branco); “Música Erudita a partir da Perspetiva dos Estudos Culturais” (Coord. Manuel Deniz Silva); “Etnocoreologia e Estudos Culturais em Dança” (Coord. Daniel Tércio); “Criação, Teoria e Tecnologias da Música” (Coord. João Pedro Oliveira); “Estudos em Performance” (Coord.  Jorge Salgado Correia).

Aceder

LAMSI / CESEM

Laboratório de Música e Comunicação na Infância

O  LAMCI, recentemente criado no âmbito do CESEM - CENTRO DE ESTUDOS DE SOCIOLOGIA E ESTÉTICA MUSICAL, FCSH-UNL, é o espaço de investigação que acolhe o Projeto Desenvolvimento Musical na Infância e Primeira Infância (PTDC/ EAT/ 68361/ 2006), apoiado pela FCT - Fundação para a Ciência e Tecnologia.

O LAMCI distingue-se de outros laboratórios existentes pela adoção de fórmulas de trabalho que conciliam a investigação, a formação, a criação artística e a prestação de serviços à comunidade, visando  a construção de um ambiente "natural" com excelentes condições para a observação do comportamento musical, em situações de comunicação e interação humana.

Aceder

SEMPRE

Society for Education, Music and Psychology Research

A SEMPRE, fundada em 1972, surgiu das Conferências sobre investigação em Educação Musical iniciadas em 1966 por Arnold Bentley. Atua nos campos da educação e da psicologia musical, fornecendo um fórum internacional que encoraja a troca de ideias e a disseminação dos resultados de estudos científicos. A Sociedade encoraja jovens investigadores e mantém uma rede alargada de membros que reflete o vasto leque de tópicos de interesse que se podem encontrar nos seus âmbitos de investigação. Publica, desde 1973, a revista “'Psychology of Music”, procurando disseminar o conhecimento científico de todos os aspetos psicológicos relacionados com música e educação musical.

Aceder

UNESCO

Organização das Nações Unidas

A UNESCO, no âmbito da sua intervenção cultural, propõe, nesta página, um conjunto de recursos que visam a promoção e o desenvolvimento da educação artística.

Com a sua ação, procura o modo “como podemos utilizar as expressões artísticas e os recursos e práticas culturais, contemporâneas e tradicionais, como instrumentos/ferramentas de ensino.

Aponta a imprimir, no rico tecido cultural, conhecimentos e capacidades das sociedades que promovam uma abordagem interdisciplinar às aprendizagens das várias áreas temáticas.”

Aceder

CDO

Centro de Dança de Oeiras

O CDO - Centro de Dança de Oeiras, associação cultural sem fins lucrativos, é um espaço de divulgação, ensino, criação e investigação na área da dança. As suas instalações – na ala norte do piso térreo do Palácio Ribamar, debaixo da Biblioteca Municipal de Algés – incluem um estúdio, para a lecionação das mais variadas técnicas de dança e apoio a grupos e companhias (em regime de residência temporária), uma zona de biblioteca, com possibilidades de leitura e pesquisa assistida, de visionamento de material videográfico, de audição de música de bailado e de acesso à Internet e uma de arquivo, onde se encontra a mais completa e melhor coleção de documentos de dança portuguesa dos séculos XX e XXI.

Aceder

CIEBA

Centro de Investigação e de Estudos em Belas-Artes

O CIEBA é uma Unidade de Investigação e Desenvolvimento (I&D) da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, desenvolvendo a sua atividade no ramo da Cultura e da Ciência, designadamente, na área das Belas-Artes. É constituído por nove secções: Arte Multimédia; Anatomia Artística e Ilustração Científica; Ciências da Arte e do Património “Francisco de Holanda”; Cyberarte; Design; Pintura; Volte Face – Medalha Contemporânea; Desenho; e Escultura). Cabe no âmbito das atividades do CIEBA as várias direções de pesquisa que o desenvolvimento dos estudos pós-graduados na FBAUL vierem a suscitar, assim como as publicações com o resultado dessa vasta atividade de estudo e pesquisa.

Aceder

EARN

European Artistic Research Network

Criada para partilhar o conhecimento e experiência em pesquisa artística, promover a mobilidade, o intercâmbio e o diálogo entre investigadores em arte, promover a divulgação da investigação artística e possibilitar a conectividade global e a troca de investigação artística. A EARN é uma rede de artistas, investigadores, educadores e instituições, a fim de: partilhar conhecimentos e experiências em matéria de investigação artística; promover a mobilidade, o intercâmbio e o diálogo entre os investigadores, artistas e educadores, através de diversas instituições e culturas; promover plataformas para a divulgação da investigação artística; respeitando a diversidade de paradigmas, modelos e culturas.

Aceder

FMH - UTL

Faculdade de Motricidade Humana

A área científica de Motricidade Humana visa o estudo dos fenómenos associados à compreensão aprofundada dos processos de produção e dos efeitos do movimento humano, numa perspetiva biopsicossocial. Para a definição do objeto de estudo confluem a Ciência do Movimento Humano (“Human Movement Science” ou “Kinesiology”) e a reflexão filosófica contemporânea.

A Faculdade de Motricidade Humana tem por objetivo fundamental o Desenvolvimento Humano, através da motricidade, pelo estudo do corpo e das suas manifestações na interação dos processos biológicos com os valores socioculturais.

Aceder

i2ADS

Instituto de Investigação em Arte Design e Sociedade

O i2ADS é uma unidade de investigação, ação e desenvolvimento, com sede na Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto, que opera nas áreas da arte, design e estudos artísticos em geral, dando uma atenção especial à ligação ao tecido social envolvente e às questões da contemporaneidade. A reunião numa mesma unidade de investigação tanto a arte como o design visa promover o cruzamento disciplinar e o trânsito entre diferentes áreas e disciplinas, mas também ajudar a aclarar as suas especificidades. A articulação entre ensino e investigação é também um fator primordial da ação do i2ADS, tanto na ligação ao ensino graduado como, sobretudo, ao nível do ensino pós-graduado.

Aceder

OFA

Office for the Arts at Harvard

Recurso central de informações sobre artes, programas, oportunidades e apoios da Universidade de Harvard que incentiva o envolvimento direto do aluno nas artes através de programas e de serviços. O OFA apoia o envolvimento dos alunos nas artes e integra-as na vida universitária. Através dos seus programas e serviços, promove a produção artística, favorece a ligação dos alunos a artistas consagrados, comissiona novos trabalhos e promove parcerias com os eleitorados locais, nacionais e internacionais. Ao apoiar o desenvolvimento dos alunos como artistas e comissários culturais, enriquece a sociedade e molda comunidades em que as artes são uma parte vital da vida.

Aceder

SMPC

Society for Music Perception and Cognition

A SMPC é uma organização sem fins lucrativos para investigadores e interessados em perceção e cognição musical. A Sociedade procura aumentar a compreensão científica e académica da música a partir de uma ampla gama de disciplinas, incluindo a teoria da música, psicologia, psicofísica, linguística, neurologia, neurofisiologia, etologia, etnomusicologia, inteligência artificial, informática, física e engenharia, assim como facilitar a cooperação entre académicos e cientistas envolvidos na investigação deste campo interdisciplinar, e progredir a educação e a compreensão pública dos conhecimentos adquiridos. Organiza conferências bienais para apresentar novas pesquisas na área da cognição musical.

Aceder

UNESCO PORTUGAL

Comissão Nacional da Unesco

A Comissão Nacional da UNESCO desenvolve atividades nas áreas da Educação, Ciência, Cultura e Comunicação e áreas transversais como, por exemplo, os Direitos Humanos, a Cultura da Paz, a Juventude ou Desporto entre outros. A sua intervenção cultural está centrada numa “abordagem tripartida: lidera a sensibilização em prol da cultura e do desenvolvimento em todo o mundo, atua junto da comunidade internacional para definir políticas e quadros jurídicos transparentes, e trabalha no terreno apoiando os governos e as partes interessadas locais na salvaguarda do património, no fortalecimento das indústrias criativas e no incentivo ao pluralismo cultural.”

Aceder

Este site foi otimizado para os seguintes browsers e versões superiores: Firefox 11 para Mac OS e Windows | Internet Explorer 10 para Windows | Apple Safari 5 para Mac OS | Chrome para Mac OS e Windows