Início

Discursos sobre os Universos Dramáticos

Técnicas e Expressividade

Espaço Cénico

Cena

Contracena

Voz

Respiração

Personagem

Motivação

Ação / Reação

Intencionalidade Expressiva / Criativa

Fruição – Contemplação  |   Interpretação – Reflexão | Experimentação – Criação

A área de Teatro pressupõe uma prática sistemática e contínua, de modo a promover um desenvolvimento de capacidades individuais e coletivas. Assim, nesta proposta, estruturaram-se três eixos interdependentes: Fruição – Contemplação; Interpretação – Reflexão; Experimentação – Criação.

  Fruição – Contemplação

Pretende-se, de uma forma sistemática, organizada e globalizante, desenvolver as capacidades de apreensão, descodificação e de interpretação dos códigos de leitura no contacto com diferentes universos dramáticos.

Interpretação – Reflexão

Incentiva-se, a partir da experiência pessoal de cada um, a apreciação estética e artística, através dos processos de observação, descrição, discriminação, análise, síntese e juízo critico – opiniões com critérios fundamentados –, captando a especificidade contida na linguagem e construção dramáticas.

  Experimentação – Criação

Conjugam-se a experiência pessoal, a reflexão, os conhecimentos adquiridos (conceitos), através de exercícios e de técnicas específicas, para a expressão de conceitos e temáticas, procurando a criação de um sistema próprio de trabalho.

Para a concretização destes eixos enunciam-se as seguintes dimensões (em cuja operacionalização dos conceitos específicos subjazem duas categorias e indicadores de reconhecimento dos códigos de leitura gramática Teatral – Motivação e Ação/Reação):

Dimensões

■  Discursos sobre os Universos Dramáticos

Procura-se desenvolver, através do contacto com diferentes manifestações dramáticas, as capacidades de apreensão, descodificação e interpretação dos códigos de leitura específicos da linguagem teatral, estimular as capacidades para a construção de um discurso sobre o que se olha e o que se vê, através da comparação de diferentes universos dramáticos, partindo das vivências de cada criança, da descoberta dos elementos mais facilmente identificáveis, para uma interpretação mais abrangente e mais complexa, permitindo a construção de outras hipóteses de interpretação.

■  Técnicas e Expressividade

Promove-se a aprendizagem dos saberes da Expressão Dramática / Teatro para que a criança possa identificar e analisar, com um vocabulário específico e adequado, conceitos, personagens, cenários, ambientes, conflitos, problemas e soluções em manifestações dramáticas, aplicando os saberes apreendidos em situações de observação e/ou da sua experimentação dramática. A ideia central é partir da experiência pessoal de cada um para uma complexificação progressiva da apreciação estética e artística, através dos processos de observação, descrição, discriminação, análise, síntese e juízo crítico, refletindo sobre a especificidade contida na linguagem e construção dramáticas.

■  Intencionalidade Expressiva / Criativa

Pretende-se que a experimentação dramática da criança não seja encarada como uma atividade esporádica, “meramente reprodutiva e de imitação” de determinada conceção de espetáculos, devendo progressivamente ser uma (re)invenção de soluções para a criação de novas possibilidades, relacionando conceitos, identificando e/ou modificando personagens, cenários, ambientes, conflitos, problemas e soluções nas situações de experimentação dramática, imprimindo-lhe a sua intencionalidade. Torna-se necessário, neste contexto, conjugar a experiência pessoal, a reflexão e os conhecimentos adquiridos (conceitos), através de exercícios e de técnicas específicas.

Este site foi otimizado para os seguintes browsers e versões superiores: Firefox 11 para Mac OS e Windows | Internet Explorer 10 para Windows | Apple Safari 5 para Mac OS | Chrome para Mac OS e Windows